Bom Jesus do Monte

11:42

Mais uma manhã em que a família se levanta cedo e se põe a caminho. Os meus pais são os grandes impulsionadores destas minhas viagens e desta ansiedade de as partilhar aqui, porque sempre nos ensinaram a descobrir Portugal e porque nos mostram a alegria de viver a passear e em família. Fazia disto a minha vida inteira. 

Estava cheio de portugueses e de turistas, neste Sábado Santo, o Bom Jesus de Braga, com o sol bem vivo e o céu sem querer saber de nuvens. E eu ansiosa por andar no primeiro funicular hidráulico construído na Península Ibérica, desde que ouvi falar dele no último episódio do Visita Guiada e desde que tenho este gosto especial por transportes antigos, sinto-me a viajar, literalmente, pelo tempo que sonho, todos os dias, descobrir.

O elevador hidráulico do Bom Jesus é o mais antigo em serviço no mundo inteiro a ultilizar o sistema de contrapeso de água, que consiste no enchimento do depósito de água quando a cabine está no nível superior e no esvaziamento quando se encontra no nível inferior. A diferença de pesos permite a deslocação e a quantidade de água que é depositada varia consoante o número de passageiros de cada viagem. 

A experiência foi engraçadíssima porque fomos de carro até ao cimo do Bom Jesus e depois eu e os meus irmãos descemos a imensa escadaria para podermos subir novamente, mas desta vez, no funicular. A subida apesar de ser feita em poucos minutos, tem uma inclinação muito acentuada e é feita em paralelo com a escadaria do santuário. É por entre o verde, a rasgar a terra e a vencer o monte que nasce o lugar onde, por fim, seja por escadas ou por elevador, todos se encontram. Neste lugar, é mencionada uma primeira ermida em 1373, uma segunda em 1494 e em 1522, uma terceira, mandada erguer pelo, então Arcebispo de Braga, D. Jorge da Costa. Apesar de já ser um lugar de peregrinação e de devoção para tantos, é em 1722 que D. Rodrigo Moura Telles inicia o grande sonho do Santuário do Bom Jesus. Um sonho, que como o meu, é de uma vida inteira. 









You Might Also Like

0 comentários

Subscribe