António Zambujo

23:50

Adora o Porto e sempre que pode vem cá. O António gosta de fazer tudo no Porto mas gosta ainda mais quando vem para cantar.

"É a sala mais bonita do mundo para se cantar.". Foi assim que começou uma grande noite no Coliseu do Porto. Para o António, cantar em português é um privilégio."É uma sorte podermos viver com esta língua. Somos uns sortudos!" disse-me. É a sorte de andar de mão dada com esta língua quase milenar, é a sorte da riqueza dos nossos poetas e dos nossos músicos. 

O António vive a música inteiramente e vive-a com tudo a que tem direito. Com violas, cordas, aplausos, arranjos e salas cheias. Lá me disse muito serenamente, como se do seu nome se tratasse "A música é tudo. É a música que dá importância à minha vida." E eu só pensei que algures por aí, com verdade e com música, algo estranho acontece, e é tão tão e tem tem tem. Tem o cantar da nossa gente, tem o Alentejo na voz e, claro, tem o fado que namora. 








You Might Also Like

0 comentários

Subscribe