Fonte Arcada

15:15

A Rita já me tinha prometido há algum tempo trazer-me até Penafiel. Desta foi de vez! Aqui estou eu, rendida à paisagem e à beleza das cores e dos cheiros. 

Eu e a Rita somos colegas de carteira e amigas. Aliás, amigas antes de tudo! A sua alegria, a sua dedicação e a sua força de vontade são uma inspiração para quem acorda diariamente com muita preguiça. O despertador da Rita toca às cinco da manhã e o comboio espera por ela e não admite atrasos. É de admirar como há pessoas que correm na vida e pela vida e que nunca descansam nem se cansam de lutar pelos seus sonhos. A Rita considera-se uma privilegiada por poder dividir a sua vida entre o reboliço da cidade e a tranquilidade do campo. É esta combinação improvável que preenche a sua vida. 

Hoje trouxe-me até Penafiel. E aqui estou eu, na aldeia de Fonte Arcada. Foi aqui que nasceu e é aqui que vive. A água corre em cada recanto, as ruelas limpas convidam-me a passear e os pássaros cantam desenfreadamente. Uma aldeia muito pitoresca e acolhedora, onde a simpatia das pessoas me deu as boas-vindas.

















You Might Also Like

0 comentários

Subscribe